O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald

Clique na capa do livro para começar a ler “O Grande Gatsby”

Baixar O Grande Gatsby

INFORMAÇÕES SOBRE O LIVRO
Título: O Grande Gatsby
Autor: F. Scott Fitzgerald
Gênero: Clásico
Ano de Lançamento: 1925
Formato: .pdf
SINOPSE
O Grande GatsbyO texto de Fitzgerald é original e grandioso ao narrar a história de amor de Jay Gatsby e Daisy. Ela, uma bela jovem de Lousville e ele, um oficial da marinha no início de carreira. Apesar da grande paixão, Daisy se casa com o insensível, mas extremamente rico, Tom Buchanan. Com o fim da guerra, Gatsby se dedica cegamente a enriquecer para reconquistar Daisy. Já milionário, ele compra uma mansão vizinha à de sua amada em Long Island, promove grandes festas e aguarda, certo de que ela vai aparecer. A história é contada por um espectador que não participa propriamente do que acontece – Nick Carraway. Nick aluga uma casinha modesta ao lado da mansão do Gatsby, observa e expõe os fatos sem compreender bem aquele mundo de extravagância, riqueza e tragédia iminente.
BIOGRAFIA DO F. SCOTT FITZGERALD

Francis Scott Fitzgerald (1896-1940) foi escritor norte-americano.
Um dos escritores da chamada “Geração Perdida” da literatura americana.

Francis Scott Fitzgerald (1896-1940) nasceu em Saint Paul, Minnesota, Estados Unidos, no dia 24 de setembro de 1896. Filho de um rico fazendeiro do sul e de uma rica católica irlandesa, frequentou as melhores escolas sem mostrar interesse pelos estudos. Ingressou na Universidade de Princeton, não concluiu o curso. Em 1917 alista-se no Exército.

Em um campo de treinamento no Alabama, conhece Zelda Sayre, com quem se casa. Desmobilizado de suas funções militares, tenta seguir a carreira publicitária até publicar o primeiro romance, “Este Lado do Paraíso”, em 1920. O livro é sucesso de vendas. Scott passa a ser porta-voz dos jovens intelectuais revoltados com a sociedade.

Principal cronista da vida da alta sociedade dos Estados Unidos nos anos 20, por ele definidos como “Era do Jazz”. Pelo estilo de vida boêmia, torna-se uma espécie de ídolo da chamada “Geração Perdida”, que proclama a falência do sonho norte-americano de uma sociedade harmônica. Em 1922 escreve “Belos e Malditos”.

Em 1924 parte para a França, como outros artistas norte-americanos, e leva uma vida agitada. Escreve O “Grande Gatsby” em 1925, que hoje é considerado sua obra-prima, mas na época vende muito pouco.

Passa um longo período apenas fazendo textos para revistas. Em 1934, publica “Suave é a Noite”, outro fracasso de vendas. De volta aos Estados Unidos, em 1937, Fitzgerald escreve roteiros para filmes de Hollywood. Enfraquecido pelo álcool, tenta duas vezes o suicídio em 1936. Abalada emocionalmente, sua mulher Zelda interna-se várias vezes para tratamento e morre num incêndio em um hospício em 1948. Fitzgerald deixa inacabado seu livro “O Último dos Magnatas”.

Francis Scott Fitzgerald morre em em Hollywood, Califórnia, Estados Unidos, no dia 21 de dezembro de 1940.

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Leave a Reply

Seleção de Resenhistas! – Participe e Ganhe Muitos Livros CLIQUE AQUI