Rei Édipo, de Sófocles

Clique na capa do livro para começar a ler “Rei Édipo”

Você também pode encontrar este livro em: Google Drive | AnonFiles

INFORMAÇÕES SOBRE O LIVRO
Título: Rei Édipo
Autor: Sófocles
Gênero(s): Dramático, Tragédia, Suspense
Ano de Lançamento:  427 a.C
Formato: .pdf
SINOPSE
A estória começa quando Édipo, príncipe de Corinto, é insultado por um bêbado, que o acusa de ser filho ilegítimo do Rei Políbios. Embora Políbios procure tranqüilizar Édipo, o príncipe, perturbado, recorre ao Oráculo de Píton, mais tarde conhecido como Delfos. O oráculo evita responder à sua dúvida, mas dá a terrível informação de que Édipo está destinado a matar o pai e casar-se com a mãe. Como Édipo não tem a menor intenção de deixar que isso aconteça, ele foge de Corinto e vai para Tebas. E aí começa a tragédia.Em uma encruzilhada, Édipo depara-se com uma carruagem. À frente vem o arauto, que ordena rudemente a Édipo que se afaste e tenta empurrá-lo para fora da estrada. O príncipe começa uma briga e termina matando todo mundo que nela se envolve. Para sua desgraça, um dos homens que vinha na carruagem era seu pai verdadeiro, o rei Laios de Tebas. Após resolver o enigma da esfinge e salvar Tebas desse flagelo, Édipo é proclamado rei e casa-se com a viúva de Laios, Jocasta, sua mãe verdadeira. Só depois que uma nova maldição cai sobre Tebas ? maldição que seria afastada apenas quando o assassino de Laios fosse descoberto e expulso ? é que os fatos vêm à tona. Édipo não consegue suportar a verdade e arranca os próprios olhos.Antes que Édipo tomasse a decisão de fugir da profecia do oráculo, Laios, sua vítima já tinha cometido o mesmo engano. Apolo havia advertido Laios de que seu próprio filho o mataria e, quando Édipo nasceu, o rei mandou perfurar com um cravo um dos pés da criança e abandoná-la em uma montanha. Mas o menino foi encontrado por um pastor e levado ao rei Políbios, que o adotou. Essa foi a origem da confusão de Édipo e foi daí que veio seu nome: “oidípous” significa “pé inflamado”.
BIOGRAFIA DO AUTOR

Sófocles (497 a.C – 406 a.C) foi um dos grandes escritores de tragédias da Grécia antiga, juntamente com Eurípides e Ésquilo. Sua obra Édipo Rei é considerada sua obra prima.
Sófocles nasceu em Colono, cidade perto de Atenas. Viveu no período áureo da Grécia, sob o governo de Péricles. Era filho de mercador e fazia parte de classe elevada.
O poeta dramático Sófocles teve o mérito de inovar a construção do teatro grego quando acrescentou um terceiro ator e de dar um caráter independente ao coro. Isso foi determinante para o teatro de outro autor importante, Eurípides. Outra grande revolução foi o desfecho, onde se dava realmente a resolução da peça, a exemplo de “Édipo Rei”.
Escreveu cerca de 120 peças, das quais, sete são completas:”Antígona”, “Ajax”, “As Traquínias”, “Electra”, “Filoctetes”, “Édipo em Colonos”, “Édipo Rei”.
>As características do teatro de Sófocles, segundo o crítico literário Otto Maria Carpeaux, não é de todo o fatalismo, pois para o poeta grego, o que mais importava era a vontade e o livre arbítrio humano. Para o crítico, o que importava para Sófocles era o caráter humano, já que não acusava os grandes criminosos, por entender que esses eram factíveis de erros.
Sua obra mais famosa é Édipo-Rei, onde o personagem central, O Rei Édipo, é revelado por Tirésias de que teria matado seu próprio pai, Laio e se casado com sua mãe, Jocasta.
O mito de Édipo foi referência para a psicanálise, através de Freud, que elaborou a teoria do complexo de Édipo. Aristóteles considerava como a tragédia mais perfeita.

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Leave a Reply

Seleção de Resenhistas! – Participe e Ganhe Muitos Livros CLIQUE AQUI