Reparação, de Ian McEwan

Clique na capa do livro para começar a ler “Reparação”

Baixar Reparação

INFORMAÇÕES SOBRE O LIVRO
Título: Reparação
Autor: Ian McEwan
Gênero: Literatura Estrangeira, Romance
Ano de Lançamento: 2002
Formato: .pdf
SINOPSE
Na tarde mais quente do verão de 1935, na Inglaterra, a adolescente Briony Tallis vê uma cena que vai atormentar a sua imaginação: sua irmã mais velha, sob o olhar de um amigo de infância, tira a roupa e mergulha, apenas de calcinha e sutiã, na fonte do quintal da casa de campo. A partir desse episódio e de uma sucessão de equívocos, a menina, que nutre a ambição de ser escritora, contrói uma história fantasiosa sobre uma cena que presencia. Comete um crime com efeitos devastadores na vida de toda a família e passa o resto de sua existência tentando desfazer o mal que causou.
BIOGRAFIA DO IAN MCEWAN
Nasceu em 21 de junho de 1948, em Aldershot, Inglaterra. Romancista, contista e roteirista,  é considerado um dos grandes nomes da ficção britânica contemporânea. Seu primeiro livro, First love, last rites (1975), ganhou o prêmio Somerset Maugham. É conhecido pela inventividade com as palavras e pelo gosto de usar a mecânica dos thrillers como crítica social. Ao longo de sua carreira foi indicado diversas vezes para receber o Booker Prize, o mais prestigiado prêmio literário britânico, o que veio ocorrer em 1998 com o livro Amsterdam (Rocco, 1999). Publicou mais de uma dúzia de livros, boa parte deles traduzidos para o português: A criança no tempo (Rocco, 1998); Cães negros (1989); O jardim de cimento(Rocco, 1996); O sonhador (1999); Amor para sempre (Rocco, 1999);  O inocente (Rocco, 1991 e Cia. das Letras 2003). Além de romances e contos, faz roteiros e tem sido cortejado com encomendas de roteiros sobre serial killers para produções de Hollywood. Tal predileção por esta temática já lhe valeu o apelido de “Ian Macabro”. Seu romance Reparação (Cia. das Letras, 2002) pode ser considerado o melhor de ficção dos últimos 20 anos, na opinião do crítico Sergio Rodrigues. Em 2005 publicou Sábado (Cia. das Letras), um romance que conta a história tumultuada de um dia na vida de um conceituado neurocirurgião londrino. A fim de narrar com precisão as delicadas cirurgias cerebrais, McEwan conviveu por dois anos com neurocirurgiões e presenciou inúmeras operações num hospital de Londres. Foi premiado diversas vezes, incluindo o Whitbread Novel Award (1987); Prix Fémina Etranger (1993); Germany’s Shakespeare Prize (1999); WH Smith Literary Award (2002); National Book Critics’ Circle Fiction Award (2003); Santiago Prize for the European Novel (2004); James Tait Black Memorial Prize (2006). Em 2007 lançou Na praia (Cia. das Letras), a história de um casal de jovens amantes na década de 1960 em plena revolução sexual.  Seu lançamento mais recente é o romance Solar (2010)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Leave a Reply

Seleção de Resenhistas! – Participe e Ganhe Muitos Livros CLIQUE AQUI